Onboarding Remoto: saiba como ter sucesso nesse processo

por New Flight Gestão de Pessoas

18/11/2020

Mesmo quem não conhecia o termo onboarding remoto muito provavelmente passou a ver a expressão em materiais corporativos dos últimos meses.


Isso porque, entre os inúmeros desafios trazidos pela pandemia de Covid-19, as empresas precisam encontrar formas de se adaptar ao novo cenário econômico e fazer mudanças significativas em suas práticas de negócios, incluindo a integração.


Na contramão de muitos empreendimentos que estão lidando com demissões neste momento, diversas empresas precisam contratar novos funcionários. E, devido ao isolamento social recomendado como forma de evitar a propagação do coronavírus, o onboarding remoto se tornou o melhor aliado para a integração dos novos talentos.
 
Por se tratar de um processo remoto, o onboarding (integração) exige muita dedicação e atenção de todos os envolvidos, tanto do empregador quanto do novo profissional. O processo é projetado para cultivar uma relação de longo prazo entre empregador e empregado, enquanto promove um sentimento de afirmação sobre fazer a escolha certa.


 
O que é onboarding remoto?

O processo de integração de funcionários é uma série de atividades que permitem aos novos contratados conhecerem mais sobre a empresa, assim como sobre a nova equipe de trabalho, as atividades a serem desenvolvidas, as ferramentas e sistemas utilizados, entre outras coisas. Do ponto de vista de um funcionário, a integração é uma oportunidade para se acostumar com um novo ambiente. Já para um empregador, esse é um momento valioso para compartilhar todos os elementos que ajudarão no engajamento de seu nov profissional.
 
A integração pode ser formal ou informal. Geralmente, as empresas usam as duas abordagens para que o novo profissional tenha o maior envolvimento possível com sua equipe. A integração formal costuma incluir uma série de workshops, sessões de treinamento e exercícios, enquanto a integração informal pode incluir o acompanhamento de outras pessoas da equipe, conhecer as convenções da empresa e abordar soluções de problemas por meio de observação e treinamento improvisado, por exemplo.
 
Dito isso, o chamado onboarding remoto nada mais é que essa série de atividades do processo de integração de novos funcionários aplicada de forma remota, ou seja, à distância e sem o encontro físico entre os envolvidos. É uma forma diferente de pensar e praticar o tradicional modelo de integração, e que encaixa perfeitamente com o atual momento de isolamento social vivido pelo mundo. Um dos principais objetivos da integração de funcionários é ajudar os novos contratados a se adaptarem às expectativas sociais e profissionais de seu novo ambiente de trabalho, para que possam prosseguir com conforto, segurança e engajamento em suas funções. E o onboarding remoto deve atingir esse objetivo, tanto para os funcionários quanto para o empregador.
 
É importante ressaltar que qualquer processo de integração bem-sucedido não é simples, mesmo quando realizado pessoalmente. E isso não é diferente com o onboarding remoto, que exige muito planejamento, assim como o uso das ferramentas certas durante todo o procedimento. Existem muitas maneiras de preparar um programa de integração para funcionários remotos, a fim de minimizar as desvantagens que podem surgir para esse novo contratado se sentir parte da empresa, basta aplicá-las corretamente.

 

Ficou alguma dúvida? Fale conosco e saiba mais !

Tags: Carreira, Gestão, Negócios, RH

Categoria: Gestão de Pessoas

Deseja realizar um orçamento ou tirar alguma dúvida sobre nossos serviços? Preencha seus dados abaixo que entraremos em contato o mais breve possível!

Preencha o campo nome. Preencha o campo whatsapp.
Preencha o campo e-mail.